Frequentemente, a documentação das redes de suporte aos serviços de telecomunicações está dispersa em vários sistemas e baseada em desenhos, planilhas, diagramas e outros. Sem uma integração das informações em uma visão sistêmica ordenada e global, a operação e a engenharia das redes tornam-se lentas e pesadas.

A documentação sempre atualizada das redes é essencial para uma operação enxuta e econômica. Particularmente, o conhecimento das redes físicas e da disponibilidade em linha dos recursos disponíveis permite realizar projetos, implantar expansões, e atender clientes da forma mais rápida possível, com forte redução do time-to-market e dos custos de engenharia. Além disso, contar com um inventário de recursos e elementos passivos de redes físicas (dutos, cabos, fibras, espaço físico, equipamentos) é um processo que deve ser implantado e mantido atualizado mediante a adoção de ferramentas de software e de procedimentos que tornem possível uma visão sempre atualizada das redes.

O controle dos recursos de rede – conhecer sua disponibilidade com exatidão para atender localidades e clientes – é de vital importância para o negócio. Finalmente, contar com uma documentação detalhada da rede pode ajudar muito a agregar valor na avaliação da rede para casos de negociação em fusões ou venda.

Um inventário de rede pode ser uma fotografia instantânea da rede; porém, dada a necessidade, é possível implantar métodos, procedimentos e ferramentas que mantenham facilmente o inventário atualizado e que integrem o inventário físico da rede com os elementos ativos que possuem seus próprios sistemas de gestão em uma única visão operacional real.

A Unisat conta com consultores especialistas que podem fazer inventários de redes e suas conexões, seja da planta externa, seja dos recursos ativos como, por exemplo, de data centers, e que estudem e implementem sistemas que forneçam uma visão unificada dinâmica de todas as conexões físicas e lógicas na rede.